NOTÍCIAS

5 situações em que a tradução literal português-inglês não funciona
16.04.2019 | Inglês
5 situações em que a tradução literal português-inglês não funciona

1 - Pensar a frase em português

2 - Traduzi-la para o inglês

3 - Falar

A sequência de ações descrita acima é bem comum para os estudantes de inglês. O ato de pensar a frase primeiramente em português e depois traduzir palavra por palavra para a língua inglesa parece bem confortável. O problema é que em muitos casos a tradução direta não funciona, já que os dois idiomas são diferentes entre si e cada um possui suas próprias regras e convenções. Para te mostrar isso, nós separamos algumas situações em que essa tradução resulta em algo bem estranho para os falantes do inglês. Confira!

“I want” para pedir comida

No Brasil, é comum que você entre em uma padaria e peça:

Eu quero um refrigerante, por favor!

O pedido é bem amigável para os falantes do português, o que pode levar o estudante a traduzir a frase diretamente para o inglês como:

I want a soda, please.

Porém, para um nativo do inglês, a frase acima soa um pouco rude! O verbo to want é utilizado para desejos mais fortes, como planos, veja:

I want to study English. - Eu quero estudar inglês.

No contexto de um restaurante ou de uma padaria, por exemplo, o uso de to want parece grosseiro e “mandão”. O mesmo acontece com o verbo to give, por exemplo:

Give me a soda, please. - Me dê um refrigerante, por favor.

A frase acima pode até parecer correta, mas também soa de um modo grosseiro, significando algo como me dê agora. A maneira mais amigável de fazer pedidos em inglês é usando os modal verbs. Veja:

Can I have a soda, please? - Pode me trazer um refrigerante, por favor?

A frase fica um pouco estranha em português, já que nós não utilizamos a estrutura posso ter para pedidos. Por isso, traduzimos como pode trazer. Veja outros exemplos:

Could I have rice with fried chicken, please? - Poderia me trazer arroz com frango frito, por favor?

May I have a lemonade, please? - Poderia me trazer uma limonada, por favor?

Could you bring me a glass, please? - Poderia me trazer um copo, por favor?

I would like some French fries, please. - Eu gostaria de batatas fritas, por favor.

“To have” para falar a idade

Em português, é bem comum que alguém pergunte a você:

Quantos anos você tem?

Geralmente a resposta é algo como:

Eu tenho 22 anos.

Na hora de falar inglês, a pessoa pode relacionar o verbo ter com to have e dizer:

I have 22 years.

Na frase acima destacamos 2 erros. Em primeiro lugar, o verbo to have nem sempre quer dizer ter em inglês. Quando estamos falando de idade, utilizamos o verbo to be. Além disso, você não diz 22 years para idade. Na língua inglesa isso significa um período de tempo. O correto é usar years old ou apenas o número. Veja:

I am 22 years old. - Eu tenho 22 anos.

O uso do verbo to be resulta em uma tradução direta estranha para o português, significando algo como eu sou 22 anos velho. Porém, no inglês é assim! Veja mais alguns exemplos para praticar:

She is 22. - Ela tem 22 anos.

My mom is forty-four. - Minha mãe tem 44 anos.

We’re 17 years old. - Nós temos 17 anos.

“To lose” para quando você perde o ônibus

Um dia você acorda um pouco mais tarde e se atrasa. Ao chegar à escola, alguém pergunta o motivo do atraso e você responde:

Eu perdi o ônibus.

Na hora de falar em inglês, você pode se recordar do nome daquela famosa série de TV e dizer:

I lost the bus

Porém, a frase acima não faz muito sentido no inglês! O verbo to lose é utilizado em 2 situações principais:

Coisas tangíveis: você detinha algo em sua posse e perdeu, como:

I’ve lost my keys. - Eu perdi minhas chaves.

Coisas abstratas: você sentia algo mas perdeu, ou isso foi tirado de você, como:

I lost my fear of flying. - Eu perdi o medo de voar.

Para se referir a algo que você “perdeu” por não ter conseguido alcançar ou ter deixado passar, utilize o verbo to miss. Veja os exemplos:

She missed the flight. - Ela perdeu o voo.

He told me he would miss the meeting. - Ele me disse que perderia a reunião.

I missed the opportunity to talk to her. - Eu perdi a oportunidade de falar com ela.

“With” para expressar sensações

Ao chegar em casa cansado à noite, você pode falar:

“Estou com fome” ou “estou faminto”.

Isso acontece porque a língua portuguesa permite que você diga que está com um sentimento, utilizando a estrutura: preposição com + substantivo. Isso pode te levar a dizer:

I am with hunger.

Nesses casos em inglês, a estrutura com a preposição with não está correta! Você deve utilizar apenas o verbo to be mais um adjetivo para expressar sensações momentâneas. Veja:

I’m hungry. - Estou faminto.

She was angry. - Ela estava brava.

I’m very embarrassed. - Eu estou muito envergonhado.

“Substantivo + of” para indicar posse

Você está saindo de casa e avisa para seus pais:

Estou indo para a casa do meu amigo.

No português, quando colocada entre dois substantivos, a preposição de - do, da, dos, das - indica posse. Ao traduzir diretamente para o inglês, você pode dizer:

I’m going to the house of my friend.

A frase acima irá soar bem estranha aos ouvidos de um nativo do inglês! Na língua inglesa, essa estrutura de posse se chama genitive case e é indicada por ‘s, como:

I’m going to my friend’s house. - Estou indo para a casa do meu amigo.

Não há uma tradução desse apóstrofo para o português, já que é uma construção bem própria da língua inglesa. O que você precisa fazer é praticar bastante para não errar! Veja:

She is at her father’s house. - Ela está na casa do pai dela.

Have you seen John’s new car? - Você já viu o carro novo do João?

Can you bring me my aunt’s book? - Você pode me trazer o livro da minha tia?

Para não cometer erros nesses e em muitos outros casos, o melhor é aprender a pensar diretamente em inglês! Para isso, você precisa colocar o idioma no seu dia a dia. Veja algumas dicas que irão te ajudar:

8 músicas em inglês que todo mundo consegue cantar

5 dicas para começar a ler livros em inglês

Venha para a SKILL!

Ser fluente em inglês significa absorver o idioma de forma completa. Venha para a SKILL e tenha um aprendizado sólido e estruturado! Cadastre-se aqui e ganhe 4 aulas.

Tweetar
Compartilhar
+1
LER
Como falar sobre casas em inglês
05.12.2019 | Inglês

Saiba como falar sobre os diferentes tipos de moradia.

LER
5 destinos para curtir o verão nas férias
04.12.2019 | Viagens

Confira as dicas de lugares perfeitos para viajar nas férias de verão!

LER
5 músicas espanholas para praticar o idioma
28.11.2019 | Espanhol

Confira os sucessos que vão te ajudar nos estudos!

LER
Partes da casa em inglês
27.11.2019 | Inglês

Confira como falar as partes da casa em inglês!

Skill Idiomas
Pearson - Always Learning
©Skill Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP

CADASTRE-SE E GANHE 4 AULAS!