NOTÍCIAS

Onde fazer intercâmbio? Dublin ou Londres?
03.09.2018 | Intercâmbio
Onde fazer intercâmbio? Dublin ou Londres?

A possibilidade de expandir os limites das oportunidades está incentivando cada vez mais o intercâmbio para todos os cantos do globo. Mesmo que haja a chance de realizar esse sonho, é preciso avaliar qual é o destino que mais se adequa ao que você deseja aprender. Dublin e Londres são dois lugares que recebem milhares de intercambistas por ano, e não é difícil encontrar quem tenha dúvida entre qual desses destinos maravilhosos escolher. Confira algumas dicas e acabe de vez com essas dúvidas:

Dublin

A Irlanda, terra do duende leprechaun, das músicas e danças típicas e de um povo alegre, atraiu mais de 10 milhões de turistas de todo o mundo em 2017, sendo a capital, Dublin, o principal destino dos visitantes.

E é muito fácil entender por que ela é considerada uma das cidades mais animadas de toda a Europa: além de ser a terra da famosa cervejaria Guinness, quase metade da população de lá tem menos de 25 anos. Isso também quer dizer que ela é famosa pelas suas festas e os mais de mil pubs espalhados pela cidade, garantindo diversão para todos os gostos.


Mas não é só de festas que a cidade vive. Considerada uma das 6 cidades da literatura do mundo pela Unesco, Dublin é a terra de famosos escritores como Oscar Wilde, Bram Stoker e James Joyce. Aliada a isso está a Trinity College, a mais famosa e prestigiada universidade da Irlanda. Nela podemos encontrar uma biblioteca que parece ter saído do filme A Bela e a Fera: a Old Library. Em uma votação pelo site Architecture and Design, ela foi eleita a biblioteca mais deslumbrante do mundo.

Também é fácil entender por que o símbolo da cidade é um trevo verde: a cidade é uma das mais arborizadas do continente e possui diversos parques urbanos, como o Phoenix Park, considerado o maior da Europa. Outras atrações imperdíveis são os museus Kilmainham Gaol e National Gallery of Ireland, a catedral de Saint Patrick, o Castelo de Dublin e a Leinster House, prédio do parlamento irlandês.

Fazer intercâmbio em Dublin

Um dos principais atrativos da cidade para os estrangeiros é o baixo custo de vida. Seja pelos custos fixos, pelos valores dos cursos ou até mesmo pelo preço da passagem para o país, Dublin é um dos lugares que necessita de menor investimento financeiro para se fazer um intercâmbio.

Além da língua oficial do país ser o inglês, e isso facilitar muito a vida de quem vai estudar lá, as possibilidades dos cursos e suas respectivas durações são bem flexíveis. É possível encontrar diferentes oportunidades de realizar o intercâmbio dos sonhos no tempo que desejar.

“A cidade mais amigável do mundo” é bem receptiva com os estrangeiros. A cultura jovem torna a experiência única. A imensa possibilidade de imersão cultural é um dos pontos mais positivos do destino. Não é difícil encontrar pelas ruas de Dublin pessoas de diferentes lugares interagindo. É um local muito procurado por intercambistas de todo o mundo, uma ótima oportunidade para conhecer diferentes culturas e aproveitar ainda mais a experiência.

A burocracia do intercâmbio irlandês

O visto irlandês pode ser adquirido já no país. Para conseguir o visto de estudante, é preciso apenas uma declaração de matrícula e o depósito de 3 mil euros em uma conta bancária do país. Para saber mais a respeito, sobre duração do visto, os documentos exigidos e outras informações, é só acessar o site do governo que eles passam todas as informações detalhadas.

Londres

A terra do Big Ben, da rainha Elizabeth e dos ônibus vermelhos de dois andares abriga uma das diversidades culturais mais expressivas de todo o mundo em seus quase 9 milhões de habitantes.

Recebendo cerca de 470 mil visitantes por dia, segundo o Instituto do Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT), a cidade conta com uma infinidade de atrações, o que torna impossível não se maravilhar com toda a história por trás de uma cidade tão agitada e moderna. O centro abriga a Torre de Londres, o famoso relógio Big Ben, o Parlamento Britânico e a London Eye, uma roda gigante de 135 metros à beira do rio Tâmisa.


Londres também é o local em que se encontra a Abadia de Westminster, igreja de estilo gótico considerada a mais importante da cidade, e a famosa praça Trafalgar, onde as festas de Ano Novo são celebradas. A cidade também abriga o Palácio de Buckingham, residência oficial da monarquia britânica, que tem diversos quartos abertos para visitas do público. No palácio, você também pode conferir a troca da guarda da rainha e os jardins que se situam no lado oeste, que possuem 17 hectares de comprimento, além de 325 espécies de plantas e 30 de pássaros.


Mas não é apenas de história que Londres é feita: se você procura um lugar para fazer compras, é nos bairros de Camden Town e Covent Garden que estão concentradas diversas feiras livres, além das lojas, restaurantes e pubs mais conhecidos da cidade. Outras atrações para quem busca cultura são o British Museum, o Natural History Museum, a National Gallery e o Victoria and Albert Museum.

Fazer intercâmbio em Londres

Além de abrigar várias das melhores universidades do mundo, Londres é também um centro financeiro e cultural. A Inglaterra é um dos países que mais recebe intercambistas. Oferece grande possibilidade de viagens devido à localização e tabmém uma imersão cultural muito rica.

Apesar do investimento no intercâmbio inglês não ser dos mais baixos, é com certeza um destino que reserva muitas experiências positivas para quem decide por essa cidade. A gama de oportunidades é enorme dentro do país.

Além de todos os benefícios citados, é um lugar que não precisa de muito para encontrar diversão. Londres proporciona experiências sensacionais para quem decide aprender. Assim como Dublin, é possível escolher um pacote de duração de acordo com os interesses do estudante.

A burocracia do intercâmbio inglês

Ao contrário do que muita gente pensa, a Inglaterra não exige visto para brasileiros que vão ficar até 6 meses estudando no país. Se a duração do curso escolhido for superior a esse período, é necessário solicitar o visto de estudante antes de embarcar nessa aventura.

A imigração exige comprovação de que o estudante é capaz de se sustentar com uma média de 1.020 libras por mês. Além disso, é preciso ter a passagem de volta em mãos.

Não importa se o seu destino for a Irlanda ou a Inglaterra, os dois países são a certeza de uma experiência maravilhosa. Os intercâmbios são uma oportunidade de alavancar a carreira e, principalmente, adquirir muita bagagem para a vida pessoal. As razões para estudar em outro  país são incontáveis. E aí, conseguiu se decidir? Conta pra gente!

Venha para a SKILL

Ser fluente em inglês significa absorver o idioma de forma completa. Venha para a SKILL e tenha um aprendizado sólido e bem estruturado! Cadastre-se e ganhe 4 aulas.

Tweetat
Compartilhar
+1
LER
Como são os nomes dos países em inglês?
17.12.2018 | Inglês

Quer aprender a falar os nomes dos países e suas nacionalidades em inglês? Confira!

LER
Os nomes dos instrumentos musicais em inglês
17.12.2018 | Inglês

Aprenda os nomes dos instrumentos mais comuns e mande bem quando falar sobre música com os amigos!

LER
6 tipos de pessoas nas férias
07.12.2018 | Entretenimento

Com qual opção você mais se identifica?! Descubra!

LER
7 atividades para continuar praticando inglês durante as férias
07.12.2018 | Inglês

Confira dicas para estudar com muita diversão durante as férias.

Skill Idiomas
Pearson - Always Learning
©Skill Todos os direitos reservados.
Av. João Scarparo Netto, 84 Condomínio Unique Village - Santa Genebra 13080-655 - Campinas/SP

CADASTRE-SE E GANHE 4 AULAS!